Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

educacao
Forquilhinha encerra as aplicações das avaliações do SAEB (Prova Brasil)

Publicado em 26/11/2021 às 11:39 - Atualizado em 26/11/2021 às 11:39


O Governo de Forquilhinha, por meio da Secretaria Municipal da Educação encerra o calendário de aplicação da Prova Brasil - SAEB, na última quinta-feira dia 25 de novembro, na EEB Prof. Jakob Arns, no bairro Saturno. Já nas escolas Francisco Hoepers, Egídio de Bona, Gabriel Serafim, Waldemar Casagrande e José Aléssio as provas foram aplicadas no dia 19 deste mês.

Mais de 150 alunos matriculados nas turmas de 5º ano do ensino fundamental fizeram a prova. O resultado da avaliação é um dos componentes utilizados no cálculo do IDEB, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, onde Forquilhinha figura com a média de 7,0 no ano de 2019.

Conforme explicou a coordenadora da educação, Jucilane da Silva, em virtude de estarmos em pandemia no início do ano letivo, alguns alunos haviam sido remanejados e a Jakob Arns tornou-se uma escola pólo dos 5º anos on-line. “A secretaria disponibilizou o transporte escolar, com a autorização dos pais, para que os estudantes pudessem participar da prova, devido os alunos terem retornado para sua escola de origem. A determinação do MEC é que as avaliações sejam aplicadas na escola que havíamos cadastrado conforme informações do Censo escolar. Desde maio, os estudantes participam de simulados pré-prova e, em outubro, realizamos um simuladão”.

Prova Brasil

A Prova Brasil e o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (SAEB) são avaliações para diagnóstico, em larga escala, desenvolvidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC). O objetivo é diagnosticar a educação básica do país e contribuir para a melhoria de sua qualidade, oferecendo subsídios concretos para a formulação, a reformulação e o monitoramento de políticas públicas educacionais da educação básica do Brasil.

“O sistema analisa além da nota do aluno, o mínimo de 80% de frequência e considera o índice de aprovação como indicativo para o resultado final e ainda faz uma análise da prática pedagógica desenvolvida durante todo o processo do ano letivo”, acrescentou Jucilane.